cadeira de escritório confortável

 O que torna uma cadeira de escritório confortável? Descubra!

Essa já era uma pergunta recorrente nas empresas, mas, depois da migração para o home office, muita gente quer saber o que realmente torna uma cadeira de escritório confortável.

Essa preocupação acompanha quem exerce suas funções diante do computador e trabalha sentado por várias horas. Portanto, como longas jornadas na mesma posição são prejudiciais à saúde, além dos cuidados com a postura, é importante escolher uma cadeira adequada. Neste post, você vai entender a importância de uma cadeira de qualidade e descobrir os principais aspectos do modelo ideal, que oferece conforto na medida certa. Vamos conferir?

Qual é a importância de escolher uma cadeira de escritório confortável?

Algumas empresas têm a prática de economizar em coisas que, na verdade, trazem prejuízos ao negócio. É o caso de não investir em mobiliário de qualidade, que potencializa a produtividade dos colaboradores.

Quando você escolhe uma cadeira de escritório confortável, está investindo na saúde do trabalhador e valorizando o capital humano da companhia. Nesse sentido, o que vale é o melhor custo-benefício, que entregue conforto e saúde laboral à equipe.

Um ambiente com boa ergonomia proporciona não só a valorização dos profissionais e o aumento da produtividade e motivação, como diminui o estresse e a fadiga e, consequentemente, afastamentos e ausências.

O que torna o produto confortável?

Viu só todas as vantagens embutidas na escolha certa de uma cadeira? Para facilitar essa busca, as empresas contam com a Norma Regulamentadora nº 17 (NR 17), que tem o objetivo de estabelecer parâmetros de adaptação das condições de trabalho às psicológicas e fisiológicas dos colaboradores.

Com a NR 17, é possível seguir regras comprovadas cientificamente que proporcionam conforto, segurança e desempenho eficiente ao ambiente de trabalho. Entre as diretrizes, temos a preocupação com as mobílias e os equipamentos que seguem padrões ergonômicos. Sobre a cadeira, especificamente, podemos seguir os seguintes fatores.

Materiais de fabricação

O primeiro ponto que favorece o conforto é a qualidade dos materiais utilizados na fabricação da cadeira. Já imaginou um produto que fica rangendo o dia todo enquanto a pessoa trabalha? Ou um encosto que está quase solto por completo?

Nesse contexto, o ideal é optar por produtos feitos com matéria-prima resistente e segura, dos estofados aos itens menores, como parafusos e rodízios. Para que ofereçam uma boa experiência ao usuário, vale a pena estudar até mesmo o revestimento.

Isso porque estofados quentes ou muito pesados aumentam a sensação de calor, por exemplo. Uma alternativa para escritórios sem ar-condicionado seriam os encostos de tela, bem respirável para o dia a dia de trabalho.

No caso de assentos macios, bem como outras partes da cadeira com estofamento, é considerável que a espuma seja resistente o suficiente para aguentar o peso diário sem deformar logo nos primeiros meses de uso. Uma cadeira confortável é aquela que dura sem perder as suas principais qualidades.

Design e ergonomia

Alguns escritórios priorizam a decoração planejada detalhadamente e, ao escolher as cadeiras, consideram apenas o design. Esse é um aspecto fundamental, pois um ambiente visualmente bonito também contribui para o bem-estar dos colaboradores.

Contudo, nem só de estética vive a arquitetura e o design de interiores. Os projetos de espaços de trabalho precisam somar à decoração a funcionalidade, a segurança e o conforto proporcionado pela ergonomia dos móveis.

Sabemos que a postura é um dos pontos ergonômicos mais importantes, logo, a cadeira é o item principal da preocupação com a saúde do trabalhador — que costuma passar, pelo menos, de 6 a 8 horas sentado em uma mesma posição, com pausas intercaladas —, seguido da mesa e da altura ideal da tela do computador.

As dores e doenças crônicas causadas pela negligência dessa parte são problemas de saúde sérios, que podem afastar os melhores talentos de uma equipe. Percebe o tamanho do prejuízo causado, se comparado a um simples investimento na cadeira correta?

Além de apresentar um design ergonômico, com um encosto que segue a curvatura natural da coluna, essa cadeira também deve unir estabilidade, desempenho e proporção. Isso significa que o modelo precisa ser adaptável, com ajustes e regulagens para diferentes tipos de pessoas em relação à altura, ao peso etc.

Mobilidade

Outro aspecto que conta muito na hora de escolher uma cadeira de escritório confortável é a mobilidade. Afinal, quanto mais o item se adaptar aos movimentos básicos do dia a adia, mais conforto o usuário terá, contribuindo diretamente com a sua produtividade.

Isso envolve as regulagens que citamos anteriormente, é claro, mas também a inclinação e a possibilidade de o modelo ser giratório ou, até mesmo, de rodízios. Ao precisar pegar alguma coisa um pouco fora do alcance das mãos, a pessoa vai mover mais a cadeira do que a coluna, por exemplo.

Resistência

A resistência também já foi mencionada aqui, sobretudo em relação aos estofados e às espumas, mas é importante reforçar o seu papel no conforto de uma cadeira realmente segura. Os modelos mais resistentes costumam suportar entre 130 e 150 Kg, além de apresentarem uma estrutura mais robusta.

Essa parte estrutural, inclusive, que nem sempre é vista em um primeiro momento, colabora e muito com a durabilidade do produto. Como a cadeira é resistente, obviamente, vai permanecer em boas condições de uso por um bom tempo, garantindo o conforto necessário para a rotina do escritório — seja na empresa, seja em home office.

Distribuição de peso

O que ajuda bastante na resistência é a distribuição adequada do peso do usuário. Afinal de contas, toda a estrutura deve estar pronta para receber o peso e resisti-lo por longas horas. Geralmente, essa distribuição é feita essencialmente pelo assento, encosto e pelos braços (quando presentes no modelo).

Contudo, outros detalhes influenciam no peso bem-distribuído, como é o caso da possibilidade de regular a altura de acordo com o tamanho da pessoa. Para não sobrecarregar a cadeira e prejudicar a ergonomia, os pés devem estar apoiados plenamente no chão.

Quando o assunto é cadeira de escritório confortável, a Flexform sabe do que está falando. Afinal, com sua expertise e o reconhecimento de mercado, fabrica cadeiras de qualidade, ergonômicas e duráveis, que se encaixam perfeitamente com as necessidades de cada projeto, empresa e usuário.

Agora que você já tem em mãos as informações necessárias para sair em busca da cadeira ideal, que tal conhecer os nossos produtos? Entre em contato e saiba como podemos ajudar!

Quer receber mais conteúdos como esse ?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos gratuitamente por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.