Qual o momento certo para trocar de cadeira?

Oferecer a si ou aos colaboradores bons equipamentos de trabalho é essencial para aumentar a produtividade e garantir bem-estar na hora de exercer a profissão. Nesse sentido, saber quando fazer a troca da cadeira ergonômica é essencial para oferecer conforto e condições de trabalho que aumentem a qualidade de vida.

A substituição desse item no momento certo pode trazer maior engajamento e resultados cada vez melhores. Além disso, dependendo da qualidade de fabricação, das condições de uso e da manutenção, essa necessidade de mudança pode acontecer antes do previsto. A fim de evitar tal ocorrência, escolher cadeiras de qualidade é uma ótima saída.

Neste post, vamos apresentar informações relevantes sobre o tempo de duração das cadeiras de boa qualidade, além de práticas que podem ser usadas para aumentar a vida útil. Por isso, continue a leitura e confira este conteúdo especial que preparamos!

Quanto tempo dura uma cadeira de trabalho de boa qualidade?

Uma cadeira ergonômica de trabalho que apresente uma boa qualidade pode durar bastante tempo, chegando até 10 anos caso seja bem cuidada. Porém, é preciso investir em opções que ofereçam materiais de primeira qualidade e considerar diferentes aspectos, como jornadas de trabalho e peso sustentado.

Além disso, observar o revestimento das cadeiras ergonômicas na intenção de aumentar o tempo de uso delas. Nesse sentido, entre os tipos de materiais mais resistentes podem ser citados o couro, telas flexíveis e poliéster.

Nas empresas em que os colaboradores trabalham sentados, é preciso evitar a aquisição de cadeiras de escritório fabricadas com materiais que dificultem a manutenção, como gobelin e camurça.

Em vez disso, dê preferência aos tecidos menos quentes e mais leves, que são mais fáceis de higienizar e contam com boa ventilação. As cadeiras de couro são as mais duráveis e apresentam praticidade na hora da limpeza.

Quais as melhores práticas para manter a cadeira boa por mais tempo?

Agora que você já sabe quanto tempo dura uma cadeira ergonômica de qualidade, que tal descobrir quais são as melhores práticas para mantê-la em bom estado? A seguir, destacamos algumas dicas. Confira!

Siga as instruções de uso

O primeiro passo para aumentar a vida útil da sua cadeira é ler as instruções do fabricante. Elas são projetadas para garantir a segurança e a durabilidade dela. Por isso, ignorá-las pode resultar em danos prematuros.

Portanto, é fundamental ler atentamente o manual de instruções, especialmente as orientações de montagem, peso máximo suportado e qualquer recomendação específica de manutenção.

 

Invista em limpeza e manutenção

No intuito de garantir a durabilidade da sua cadeira ergonômica, é essencial investir regularmente em práticas de limpeza e manutenção. Limpe a cadeira conforme as recomendações do fabricante, utilizando produtos específicos para o tipo de material.

Remova a sujeira acumulada, prestando atenção especial a áreas de difícil acesso. Além disso, realize manutenção preventiva, apertando parafusos, verificando a estabilidade e substituindo peças desgastadas. Essas ações preservam a aparência da cadeira e garantem maior vida útil.

Evite exposição ao sol

Por fim, vale mencionar a importância de evitar a exposição ao sol. Esse cuidado ajuda a não deixar que o sol desbote os materiais e enfraqueça a estrutura da cadeira, assegurando que ela se mantenha em bom estado por mais tempo.

Por isso, na hora de escolher o local em que vai deixá-la, opte por ambientes nos quais ela não fique diretamente exposta à luz solar. Também é possível usar cortinas ou persianas a fim de filtrar a luz, protegendo-a de danos causados pelos raios UV.

O que exigir de uma cadeira de escritório?

Uma excelente cadeira de escritório é aquela que une os atributos de ergonomia e design. Existem opções que ainda permitem valorizar a decoração, combinando as cores e visual das cadeiras com o estilo do ambiente.

Além disso, na hora de buscar cadeira ergonômica home office, vale avaliar se ela oferece os seguintes atributos:

  • ajuste de altura do assento;
  • regulagem da altura do encosto;
  • borda arredondada;
  • assento giratório;
  • rodízios fixados em base de cinco patas;
  • apoio cervical e para os braços.

Esses aspectos tornam a cadeira ergonômica para pessoas altas mais confortável, pois oferecem a possibilidade de ajustar a inclinação, altura e a profundidade tanto do assento, quanto do encosto.

Vale lembrar ainda que existem vários tipos de cadeiras disponíveis no mercado, as quais podem ser classificadas como A, B, C ou D. Cada um deles é adequado para determinada atividade, por isso, faça uma análise antes da aquisição.

Como definir a melhor altura das cadeiras corporativas para cada colaborador?

Entender como ajustar e tornar a cadeira confortável para trabalhar tende a aumentar a produtividade, reduzir problemas de saúde e trazer mais qualidade de vida no exercício da profissão. Porém, é importante lembrar que a altura da cadeira deve ser ajustada conforme o usuário.

Quando a pessoa se sentar na cadeira, os joelhos precisam formar o ângulo de 90 graus e os pés devem estar firmes no chão. Se ainda assim o colaborador não estiver confortável, pode ser utilizado um apoio especial para os pés. A distância entre o assento e o piso pode variar de 40 até 50 centímetros.

A profundidade do assento deve ser de pelo menos 38 centímetros. A largura dele precisa ser de, no mínimo, 40 centímetros. A largura mínima do encosto é de 30 centímetros, enquanto a altura deve ser de pelo menos 24 centímetros.

Algumas cadeiras ergonômicas permitem a inclinação para frente e para trás, oferecendo amparos aos joelhos. Os ajustes permitem a adaptação dos ângulos para que os colaboradores não prejudiquem a sua coluna vertebral e outras partes do corpo. Por isso, na hora de escolher uma boa cadeira, é preciso avaliar se ela permite fazer adaptações.

Por que devemos investir em cadeiras de boa qualidade?

Investir em cadeiras ergonômicas para empresas ou mesmo para quem trabalha em home office traz várias vantagens. Conhecê-las é um passo importante na hora de tomar a sua decisão e buscar as melhores opções do mercado. Veja os benefícios em mais detalhes, a seguir.

Reduz problemas de saúde

Algumas vantagens da aquisição de cadeiras de boa qualidade são a redução de despesas com o pagamento de atestados médicos e a eliminação de afastamentos por doenças ocupacionais, de modo que não é necessário investir na contratação e no treinamento de profissionais substitutos.

Por exemplo, ao investir em cadeira para quem tem problema de coluna ou opções com boa ergonomia, as equipes que trabalham de modo confortável e não sofrem impactos na saúde. Isso aumenta a qualidade de vida no trabalho e contribui para o alcance dos objetivos da empresa.

Melhora as condições de trabalho

Há uma infinidade de opções sendo ofertadas no mercado, mas saiba que as cadeiras ergonômicas são as melhores a fim de propiciar boas condições de trabalho, aumentando a produtividade e minimizando as chances de afastamento por questões de saúde.

Além das excelentes condições de saúde dos colaboradores que já mencionamos, elas oferecem conforto e bem-estar. Por isso, entender qual melhor cadeira para quem fica muito tempo sentado é fundamental para escolher uma opção de maior qualidade.

Oferece mais durabilidade

Em geral, não vale a pena reformar cadeira de escritório. Por isso, investir em uma opção com alta durabilidade é mais um dos motivos para escolher cadeiras ergonômicas de boa qualidade.

Elas são, na realidade, um investimento que oferece um tempo estendido de garantia e suporte para os reparos necessários ao longo dos anos. Assim, você tem menos gastos com assistência técnica. Há ainda a possibilidade de obter itens personalizados, com um ótimo custo-benefício.

Aumenta a produtividade

Um colaborador que se sente confortável melhora a sua produção e as equipes ficam mais engajadas e eficientes. Além de contar com uma cadeira ergonômica de alta qualidade, vale motivar os profissionais a se levantarem a cada 50 minutos para movimentar as pernas, fazer alongamentos e cuidar da postura.

Essas práticas são indicadas por médicos e profissionais especializados na prevenção de doenças laborais, e os seus efeitos positivos já foram comprovados pelo aumento da criatividade e da concentração. Considere todos os benefícios que a aquisição de cadeiras corporativas de boa qualidade geram para a sua empresa.

Que problemas de saúde podem ocorrer com uma escolha mal-feita?

As cadeiras corporativas são essenciais para que o ambiente de trabalho seja saudável e esteja de acordo com legislações importantes, como a ABNT NBR 13.962 e NR nº 17. Além disso, a escolha de uma cadeira ergonômica de qualidade pode evitar problemas de saúde como:

  • dores nas costas — uma cadeira ergonômica oferece suporte adequado à coluna, além de permitir ajustes para ter uma postura correta;
  • obesidade — a cadeira incentiva uma postura ativa e facilita a movimentação. Aliado ao incentivo aos exercícios pode evitar esse problema;
  • má circulação sanguínea — a altura ajustável de uma boa cadeira previne a compressão vascular e distribui o peso de maneira adequada, beneficiando a circulação;
  • danos a saúde mental — o uso de uma cadeira de qualidade pode aumentar o foco e a produtividade, além de reduzir os níveis de estresse;
  • doenças ocupacionais — o design ergonômico previne problemas posturais e as adaptações possíveis ajudam a suportar longos períodos, prevenindo doenças ocupacionais.

Ao entender os problemas que podem ser evitados a partir de uma escolha adequada de cadeira ergonômica, torna-se factível evitar todas essas questões graves.

Além disso, com os cuidados adotados para aumentar a qualidade de vida no trabalho, é possível evitar o ajuizamento de reclamatórias trabalhistas ou garantir mais satisfação na hora de exercer a sua profissão. Por isso, é fundamental saber o que considerar para fazer a troca de cadeira.

O que indica o momento certo de trocar as cadeiras do escritório?

O momento certo de trocar computadores e o ar-condicionado é fácil de identificar, uma vez que os equipamentos eletrônicos têm uma vida útil curta, tornando-se obsoletos rapidamente. Os móveis, necessitam de uma atenção redobrada, visto que não apresentam deficiências aparentes e de impacto imediato.

Continue a leitura e confira os sinais que ajudam a identificar o momento certo de trocar as cadeiras corporativas!

Ergonomia

Espaços diferentes e funções distintas necessitam de cadeiras específicas. Salas de reuniões, por exemplo, não precisam de cadeiras com tantas regulagens, afinal, são salas de atividades temporárias.

Em contrapartida, estações de trabalho demandam cadeiras operativas, com performance e qualidade que atendam às necessidades do usuário e ofereçam conforto durante o trabalho para ele produzir bem.

Produtividade

Uma cadeira com ruídos excessivos, regulagens com mau funcionamento, assentos e encostos rígidos promovem desconforto, impactando diretamente a produtividade no exercício do trabalho.

Cadeiras sem condições ideais de uso podem gerar problemas de coluna, um dos maiores causadores de afastamento do trabalho. Além disso, prejudicam o foco na hora de desempenhar as funções, podendo gerar baixa na produtividade.

Manutenção

Por mais que a manutenção seja necessária periodicamente, consertos constantes e em excesso nos braços, nos mecanismos e nos assentos geram gastos desnecessários, que podem ser investidos uma única vez em cadeiras com qualidade e garantia estendida, que apresentam poucas manutenções.

Por isso, na hora de buscar cadeiras home office ou para o escritório da empresa, avalie o custo-benefício e procure por empresas reconhecidas pela qualidade dos materiais, como a Flexform.

Estética

Revestimentos gastos, desbotados, rasgados, pés descascados ou rodízios desgastados indicam que o produto já foi utilizado ao extremo. Os colaboradores precisam de equipamentos de boa qualidade para trabalhar.

Além disso, a aparência do mobiliário é facilmente notada pelos visitantes, incluindo os seus clientes, propagando a imagem de descuido e causando aquela má impressão — tudo que você não deseja associar à sua marca.

Desarmonia

Cadeiras de estilos, cores e tamanhos diferentes podem transmitir a impressão de um espaço improvisado, sem harmonia ou estilo definido. Quando as cadeiras não conversam entre si, causam desarmonia na decoração. Além disso, a combinação dos móveis traz personalidade ao ambiente, revela a identidade e o posicionamento da empresa.

Agora você já sabe qual é o momento certo de trocar a cadeira ergonomica! É muito importante escolher móveis de escritório de excelente qualidade e de fabricantes reconhecidos no mercado, como a Flexform. Com isso, você pode evitar diversos problemas com doenças ocupacionais e ainda aumenta a produtividade e a qualidade de vida no trabalho, seja para você, seja para a sua equipe.

Quer saber como renovar as cadeiras da sua empresa? Então, acesse o nosso site agora mesmo e confira todas as opções disponíveis!

Quer receber mais conteúdos como esse?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos gratuitamente por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Quer receber mais conteúdos como esse?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos gratuitamente por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.