modelo híbrido

Modelo híbrido de trabalho: como fazer uma boa transição entre casa e escritório?

Após quase dois anos mantendo os colaboradores no trabalho remoto, muitas empresas estão voltando ao trabalho, mas em um sistema que tem gerado mais satisfação, com estratégia de gestão e engajamento, conhecido como modelo híbrido.

Dessa forma, além de proporcionar mais autonomia e flexibilidade ao funcionário, que podem exercer suas atividades na empresa e em home office, a adoção do modelo híbrido oferece uma maior colaboração nos ambientes de trabalho, com momentos de convívio que virtualmente não é possível realizar.

No entanto, se adaptar a esse novo mercado requer atenção, para que se possa realizar uma boa transição entre a casa e o escritório. Por isso, preparamos este conteúdo para que você possa entender mais sobre o assunto. Continue a leitura e confira!

O que é um modelo híbrido de trabalho?

Esse é um modelo que permite que o colaborador realize sua jornada de trabalho tanto presencialmente na empresa, quanto à distância em sua própria casa ou local de preferência.

Desse modo, o funcionário pode estabelecer estratégias para executar suas atividades home office e presencial, de forma tornar a empresa mais produtiva e integrar os trabalhadores, tendo momentos na sede e remoto.

Como esse sistema funciona?

Nesse sistema de trabalho híbrido, há possibilidade de estabelecer escalas dos colaboradores em tarefas de modo presencial, não sendo exigida a presença deles todos os dias na companhia.

Assim, em dias alternados, por exemplo, o profissional pode trabalhar três dias na organização e os outros em home office. Isso é estabelecido conforme a estratégia e critérios implementados, que visam o melhor para a equipe e para a empresa.

Quais são as vantagens do modelo híbrido?

A necessidade de voltar ao trabalho no pós-pandemia pode ser tanto esperado quanto angustiante. Desse modo, para reduzir as chances de contaminações, o modelo híbrido de trabalho conta com a vantagem de possibilitar uma maior preservação da saúde dos colaboradores, ao permitir um número menor na empresa.

No entanto, esse não é o único ponto positivo, pois existem outras vantagens muito atrativas que faz do modelo híbrido uma opção válida até mesmo no futuro. Veja a seguir:

Otimização das tarefas

No trabalho híbrido é importante fazer com que as atividades sejam cumpridas, integrando o online e office para manter o padrão de qualidade e atingir os prazos.

Quando essa reestruturação é planejada de maneira eficiente, os processos tornam-se mais dinâmicos. Como consequência, há a redução de retrabalhos, fazendo com que os colaboradores trabalhem melhor e ocorra o aumento da produtividade, além de favorecer o clima organizacional.

Redução dos atrasos

Uma das maiores preocupações das empresas com seus funcionários é lidar com atrasos frequentes, mas com o trabalho híbrido esse cenário pode ser mais flexível.

Isso porque em home office o trabalhador não precisa lidar com imprevistos que fazem bater o ponto após o horário estabelecido, como horário de pico no trânsito e engarrafamento. Além de diminuir os possíveis atrasos, o processo também elimina o estresse que o tempo gasto com trajetos pode proporcionar.

Descentralização hierárquica

A descentralização tem como intuito uma autoridade mais dispersa, onde os funcionários com baixos níveis hierárquicos também podem realizar deliberação, limitando as responsabilidades que fazem parte do seu rol de competências.

Com o trabalho híbrido é preciso que cada colaborador tenha mais autonomia para cumprir as suas atividades com o aval da empresa. Esse nível de comprometimento pode fazer com que a equipe tenha mais confiança, favorecendo a cultura colaborativa, o fluxo dos processos e o grau de satisfação.

Minimização dos custos

Com o número de funcionários reduzidos no dia a dia da empresa também há a minimização dos custos para a empresa, visto que com o modelo híbrido a organização pode determinar dias em que as pessoas podem estar presentes ou não.

Assim, de um modo geral, vai existir uma economia considerável com vale-transporte, luz, internet, entre outras despesas. Além disso, com o dinheiro em caixa, a empresa poderá investir em treinamentos e melhorias para a expansão do negócio, tornando uma grande vantagem para ambos os lados.

Quais os cuidados que o modelo híbrido de trabalho exige?

Embora as vantagens sejam inúmeras, o modelo híbrido de trabalho exige alguns cuidados, pois não há uma regulamentação para essa nova condição. As recomendações feitas para esse formato de trabalho são baseadas nos conceitos que diz a respeito às atividades presencial e no teletrabalho.

Por isso, é importante estar atento ao que estabelece a Reforma Trabalhista, a fim de aprimorar as novas situações e diminuir os riscos de uma futura ação judicial. Vale elaborar documentos para que tanto o empregador quanto o empregado estejam de acordo, como registro de ponto, acordos coletivos, alteração contratual, jornada de trabalho, além da saúde e segurança do trabalho.

Como fazer uma boa transição do home office para o escritório?

A transição para voltar à estrutura física da empresa pede que a pessoa se acostume novamente com a rotina, resultando em um novo período de adaptação. Diante disso, é essencial que os gestores auxiliem a equipe a passar por esse desafio, com paciência e compreensão, para que todos tenham a volta ao escritório com suas melhores versões e resultados no processo.

Para facilitar essa mudança, vale a pena seguir algumas dicas, como não sobrecarregar a equipe com tarefas e exigências, ser transparente, calibrar as necessidades individuais e coletivas, não se vitimizar. Mas, além dessas orientações, ainda há outras formas práticas para que os profissionais possam se preparar na transição do home office para o escritório, tais como:

Ter um planejamento

Planejar esse período de transição, sem dúvidas, é o principal ponto de partida. Desse modo, será possível identificar as necessidades, obter uma estrutura mais alinhada para garantir os resultados das atividades.

Trabalhar a mente

Para diminuir o impacto do retorno ao trabalho, nas últimas semanas do home office ajuste a rotina, como já estivesse no escritório, estabelecendo horários similares ao modelo presencial. Além disso, é importante entender que esse período de readaptação à sua produtividade na empresa pode ser menor, até que consiga dar conta de todas as atividades pode levar um tempo.

Realizar pausas para se adaptar

Entre os pequenos intervalos de trabalho, procure aproveitar para se adaptar, como andar pelo escritório ou na rua, a fim de ampliar as fronteiras. Isso, além de diminuir a ansiedade, também facilita a adaptação com a presença de ruídos e pessoas, aos quais desacostumamos por ficar a maior parte do tempo em casa.

Buscar ajuda profissional

Assim como no inicio da pandemia muitos colaboradores buscaram ajuda junto a profissionais de saúde, durante esse período de transição é importante continuar com o tratamento para lidar com a situação da melhor forma possível. Isso porque a volta ao escritório pode fazer com que alguns sintomas voltem a aparecer, como ansiedade, angústia e depressão, e para se recuperar e adaptar-se pode levar tempo.

Seguindo essas dicas e alguns cuidados, é possível realizar uma boa transição para o modelo híbrido, já que essa é uma tendência que só tem a crescer, proporcionando melhor qualidade de vida para os colaboradores e com ótimos resultados para a empresa.

Gostou das nossas dicas? Então assine a nossa newsletter e tenha acesso a conteúdos exclusivos e interessantes como este!

Quer receber mais conteúdos como esse?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos gratuitamente por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Quer receber mais conteúdos como esse?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos gratuitamente por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.