espaço funcional

Como montar um espaço funcional na sua casa? Veja 5 dicas incríveis!

Conseguir montar um espaço funcional tem sido um desafio mais recorrente para quem mora em ambientes menores e quer, além da funcionalidade, o conforto e a estética. Porém, o objetivo é completamente possível de ser alcançado, e as dicas de arquitetura e decoração servem justamente para isso.

Afinal, nosso lar é onde passamos boa parte do tempo e, em muitos casos, como no home office, é também nosso local de trabalho. Assim, nada mais justo que tornar o espaço funcional a fim de contribuir para a nossa produtividade e qualidade de vida. Caso contrário, quando não existe cuidado nesse sentido, a falta de aconchego pode refletir em maior estresse e pouca produtividade.

Quer entender mais sobre o espaço funcional e como conseguir isso? Continue conosco e descubra!

O que é um espaço funcional?

Sabe quando você consegue ter um ambiente organizado, que permite a circulação confortável de pessoas e, especialmente em casos de rotina corrida, é possível ter mais praticidade no dia a dia dentro daquele local? Então, é isso que o espaço funcional proporciona.

Para garantir isso, é preciso levar em consideração as necessidades e os objetivos de cada um. Quer dizer, destros e canhotos podem ter necessidades diferentes quando o assunto é funcionalidade. Da mesma maneira ocorre com quem trabalha o dia todo em casa e quem realiza essa etapa fora do ambiente, e assim por diante.

O importante é saber encaixar o perfil de cada morador com tudo que possa trazer mais comodidade. Nesse sentido, não existem regras, apenas alguns lembretes: comodidade precisa ir além do básico, como fornecer abrigo, luz e segurança. Quanto a isso, a escolha dos móveis também pode ser determinante.

Como conseguir um espaço funcional?

Diante das vantagens que existem em um espaço funcional, saber como conseguir isso na prática é praticamente a pergunta de um milhão de dólares. Confira abaixo algumas dicas.

1. Opte pelo minimalismo

O minimalismo, além de ser uma das tendências de arquitetura e decoração para 2021, é um conceito interessante para tornar um espaço funcional e ainda oferecer maior amplitude em um local. Ele pode ser aplicado desde o desenho do mobiliário até a concepção de espaço, que pode refletir em itens com duplas funções.

Por exemplo, uma estante pode separar um cômodo de outro e ainda servir como um acessório para exposição de artefatos decorativos, guardar livros etc. Seguindo a mesma lógica, um móvel de centro pode, além dessa função, servir como um assento para os visitantes.

Porém, se quando você pensa em minimalismo o que vem à sua mente são espaços sem personalidade, saiba que não precisa ser assim, muito pelo contrário. O minimalismo pode ser muito acolhedor ao contar com um único ponto focal, como uma janela ou móvel, poucos itens decorativos e cores neutras nas principais superfícies — nesse caso, ter diferentes texturas para criar contrastes e volumes pode ser uma boa opção.

2. Escolha móveis funcionais

Conforme mencionado, a escolha do móvel deve ser feita com muito cuidado para que seja possível construir um espaço mais funcional, ter um melhor aproveitamento do ambiente e integrar tudo com harmonia. Pensando nisso, temos algumas dicas úteis para a escolha dos móveis:

  • evite móveis volumosos, que são mais difíceis de limpar e podem pesar visualmente em locais pequenos;
  • prefira móveis com dupla função, como sofá-cama, cama baú, armário multiuso etc.;
  • escolha tecidos de fácil manutenção e que não sujem com tanta facilidade;
  • pense no seu estilo de vida atual ao escolher os móveis. Por exemplo, se você é solteiro e mora sozinho, é mais indicado comprar um sofá menor do que um grande;
  • opte por móveis de madeiras com tons claros, para aumentar a sensação de conforto e elegância no ambiente;
  • confira cadeiras ergonômicas para melhor conforto durante o expediente.

3. Priorize a iluminação natural

A distribuição natural de luz no espaço pode ser feita com algumas estratégias, quando não existe uma grande incidência de iluminação natural no ambiente.

Por exemplo, colocar azulejos transparentes de vidro nas paredes e claraboias, técnica muito comum entre arquitetos americanos, pode ajudar a causar esse efeito. Ainda, quando os espelhos são colocados em determinados pontos, além de tornarem a decoração mais charmosa, podem ajudar na luz natural.

Porém, saiba que equilibrar bem o jogo de luz e sombra também contribui para proporcionar um ambiente mais aconchegante. Assim, tenha como exemplo as luminárias de pisos, que iluminam o chão e o ambiente à sua volta. Especialmente se a coloração for amarela, ajudam a tornar o ambiente mais aconchegante.

A mesma lógica serve para itens de luz deixados em móveis, como prateleiras e escrivaninhas. Abajures e até velas colocadas nesses espaços podem destacar esculturas, livros e qualquer outro objeto exposto.

4. Utilize lâmpadas de LED

A iluminação ajuda no conforto, economia e funcionalidade do ambiente. Contudo, nem sempre é possível conseguir um espaço com abundância nesse quesito. Nesses casos, as lâmpadas de LED podem ser uma ótima opção para uma iluminação mais econômica.

Com elas, há a possibilidade de escolha de outros tons, como o azul, que ajuda a proporcionar mais relaxamento, e a cor dourada. Além disso, o LED pode ser utilizado em diferentes locais, como acabamento em gesso, teto do banheiro e muito mais.

5. Escolha uma paleta de cores aconchegante

As cores transmitem diferentes sensações e têm um papel fundamental na melhoria do conforto e funcionalidade de um ambiente. Pensando nisso, é importante entender mais sobre o que cada uma delas representa e escolher tonalidades que combinem com a personalidade e os interesses das pessoas do local.

Por exemplo, o amarelo, laranja, vermelho e pink são tons que provocam sensação de calor, energia e movimento. Por isso, a recomendação é que esses tons quentes sejam combinados de forma harmônica em ambientes de maior convívio social.

Conseguiu entender o que é um espaço funcional e como os elementos decorativos e da arquitetura podem influenciar nisso? Lembre-se de levar esses pontos em consideração ao montar o seu espaço para conseguir mais bem-estar e aconchego na moradia.

Gostou das nossas dicas sobre espaço funcional? Assine nossa newsletter e receba sempre nossas atualizações de conteúdo!

Quer receber mais conteúdos como esse ?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos gratuitamente por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

1 Comentário

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.