parar de procrastinar

4 dicas para ser mais produtivo em home office sem procrastinar!

Cada vez mais as pessoas querem saber como parar de procrastinar durante o home office, especialmente durante a pandemia de coronavírus. Estudos registram uma elevação de 57% no índice de brasileiros que migraram para esse modelo de trabalho e se queixam do cansaço que essa experiência gera.

Inicialmente, a principal razão apontada para esse cansaço, que muitas vezes leva à procrastinação, foi a diferença experimentada com a nova rotina em casa, exigida também pelo isolamento social. Porém, passado mais de um ano de pandemia, muitos ainda reclamam da procrastinação, especialmente por não haver a presença do chefe e dos colegas de trabalho.

Você se identificou com a situação e quer saber como parar de procrastinar? Algumas dicas e hábitos podem ajudar no aumento da produtividade. Continue a leitura e conheça alguns deles a seguir!

O que é procrastinação?

Mesmo que você não conheça o termo, é bem provável que já tenha procrastinado e reconheça com facilidade quando essa situação está para surgir. A procrastinação consiste em adiar compromissos e abraçar a ideia de ser contraprodutivo, o que pode ocorrer de forma consciente ou inconsciente.

Seja como for, é mais recorrente no home office, por não haver os olhares atentos do chefe e dos outros colaboradores, além de o ambiente oferecer inúmeras distrações. Assim, as obrigações do trabalho são substituídas por atividades menos relevantes e mais prazerosas, como rolar o feed no Instagram, olhar a timeline no Twitter, conversar pelo WhatsApp etc. Não importa qual seja a sua escolha, isso diminui o rendimento e até a qualidade do serviço.

Por que a procrastinação ocorre?

Primeiro, é preciso considerar que empurrar as obrigações para depois é contraproducente. Por isso, é importante descobrir os motivos por trás desse mal para saber como combatê-lo adequadamente. Quer dizer, a explicação para a procrastinação é simples e rápida de entender: preferimos realizar tarefas com um retorno de prazer imediato.

Assim, é muito mais fácil assistir a uma série que vai trazer uma sensação de relaxamento e estimular os hormônios do bem-estar logo de imediato, como a ocitocina, do que fazer um trabalho. Afinal, mesmo trazendo alguns benefícios, como os salariais, curriculares e a maior capacitação, eles só tendem a ser percebidos em longo prazo.

Além disso, quando não sentimos prazer nas atividades desenvolvidas no home office nem enxergamos propósito na ação, fica ainda mais difícil fugir da procrastinação, que atua como uma maneira de se livrar de atividades desagradáveis e complexas, por exemplo. Saiba também que pode existir influência genética na procrastinação, tornando a produtividade ainda mais desafiante.

Diante desse contexto e do fato de que o home office pode durar ainda alguns meses, ou até se tornar fixo em muitas empresas que perceberam as vantagens desse modelo de trabalho, é importante se adaptar à realidade e aprender a evitar a procrastinação.

Como parar de procrastinar?

1. Focar na disciplina e na organização

Da mesma maneira que você não utilizava qualquer roupa para ir ao trabalho nem sentava em qualquer lugar da empresa ou de qualquer forma, é importante manter a disciplina e a organização no home office, para que o cérebro entenda que você está trabalhando, apesar do ambiente caseiro, e não entre facilmente em distrações.

Você pode perceber isso por experiência própria, ao trocar o pijama por uma roupa de trabalho e manter o ambiente organizado. Além disso, para embasar esse argumento, pesquisas desenvolvidas mostram que o uso de pijama no home office é um dos inimigos da produtividade.

Porém, assim como a mesma organização e disciplina necessárias no trabalho presencial devem ser levadas para o home office, os horários de descanso também devem ser respeitados. Assim, se você não trabalha nos fins de semana nem depois das 18h, tente respeitar esses limites, para que descanse o suficiente e consiga recarregar as energias.

2. Investir no local de trabalho

Tenha em mente que o seu lar agora é o ambiente em que você passa mais tempo, especialmente por conta do home office. Sendo assim, que tal investir nesse local para que você se sinta mais feliz e confortável?

Por exemplo, é satisfatório trabalhar em um ambiente no qual você olha para o lado e encontra algum objeto de decoração comprado a partir do seu esforço diário no ofício. Isso pode até aumentar o empenho nas realizações das demandas. De acordo com estudos, manter plantas no home office também é uma boa ideia, pois pode elevar a produtividade em até 15%.

E que tal, além de investir em itens decorativos, priorizar também os que trazem uma maior qualidade de vida? É o caso de mesas e cadeiras confortáveis, já que trabalhar com dores na coluna não contribui para a produtividade. Especialmente no home office, esse problema tem sido mais recorrente, já que é comum trabalhar em locais inapropriados e com má postura.

Além disso, conforme mencionado, quem trabalha home office costuma passar muito tempo em casa, o que torna o investimento em móveis confortáveis essencial para uma melhoria da qualidade de vida e um meio de evitar a procrastinação.

3. Buscar técnicas diferenciadas

A queda na produtividade, além de prejudicar a qualidade do serviço, pode deixar você com a autoestima baixa e frustrado. Diante dessa e de outras consequências, nunca é demais buscar técnicas que afastem a procrastinação. Uma delas é a Pomodoro, que recomenda a realização das obrigações por 25 minutos, sem nenhum tipo de interrupção. Após a conclusão desse período, deve-se tirar um intervalo de 5 minutos.

4. Estabelecer recompensas pessoais

Como dito, o nosso cérebro atua com recompensas prazerosas de imediato. Como não se pode ter tudo na vida, você pode entrar em acordo consigo mesmo e, após a realização de determinados trabalhos, dar pausas com recompensas, como assistir a uns minutinhos de uma série, falar com os amigos pelo celular etc. Tudo depende da sua preferência e tempo estipulado.

Percebeu como parar de procrastinar, principalmente no home office, envolve necessariamente manter uma rotina de trabalho que respeite horários e estipule metas? Ao fazer isso, fica mais fácil focar em um propósito e resistir às distrações. Tudo é questão de hábito.

Gostou do nosso post? Então assine nossa newsletter e tenha como recompensa a atualização constante dos nossos conteúdos!

Quer receber mais conteúdos como esse ?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos gratuitamente por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.