como usar puff na decoração da sala

Veja 6 dicas de como usar puff na decoração da sala!

Como usar puff na decoração da sala? A pergunta parece simples. No entanto, quem já teve acesso à experiência de usar, com inteligência, esse objeto utilitário e decorativo sabe a diferença que faz para o design de uma sala. Detalhes bem executados formam projetos originais e confortáveis.

O resultado é a valorização do espaço, aumentando a qualidade de vida. Pensando nisso, selecionamos não apenas seis dicas de como usar puff na decoração da sala, mas também um guia completo para você entender a importância desse objeto.

Boa leitura!

Quais são os tipos de puff?

Essa peça de mobília que serve como assento ou suporte para objetos, tem uma variedade de tipos com materiais, enchimentos, formatos e cores. Puffs são elementos versáteis que podem dar o toque final para a assinatura de qualquer projeto arquitetônico. Veja a seguir oito formatos

Redondo

Um clássico para quem deseja dar mais organicidade ao projeto, aproveitando as linhas arredondadas. O puff redondo é ideal para quebrar as linhas retas do ambiente, elaborando um diálogo entre os contrastes de forma harmoniosa. A dinamicidade desse dos círculos está ligada à sensação de integralidade, o que pode reforçar a paleta de cores do ambiente.

Quadrado

Ao observarmos a geometria da arquitetura, o quadrado figura como uma forma que promove mais volume e solidez. Logo, um puff quadrado pode ser uma ótima opção para ambientes amplos e minimalistas, pois pode inserir cor e textura de forma pontual, sem comprometer poluir visualmente o lugar.

Baú

Uma ótima solução para aumentar o espaço do local. Afinal, um puff do tipo baú permite guardar objetos, além de servir das outras duas funções de assento e móvel de apoio. Além disso, uma peça desse tipo pode ser feita com madeira, um material que é garantia de durabilidade e apreço estético.

Pneu

Material forte e reutilizável, tem personalidade para projetos que agregam propostas menos usuais. O puff de pneu, além de ser durável, traz uma textura interessante para a sala. Em combinação com outros elementos, como uma parede de cimento queimado, pode auxiliar na execução de projetos com propostas mais urbanas.

Banqueta

Elegância e conforto. O puff baqueta é muito usado para apoio dos pés, em conjunto com uma poltrona. Há vários tipos de estofados e ele pode ser uma solução para acomodar visitas, sem precisar dispor de cadeiras extras. Por isso, você pode combinar as cores do sofá, da poltrona e do puff, contrastando com as cores da parede ou do tapete. Dessa forma, dará mais destaque a essa peça.

De crochê

Semelhante ao de pneu, o puff de crochê consegue trabalhar mais textura ao ambiente. A peça integra projetos que seguem uma paleta monocromática, por exemplo, ao dar mais dinamicidade aos volumes da cor escolhida.

Retrô

Formato clássico, em estilo provençal, a peça pode ser uma ótima ideia para projetos que trabalham com diferentes estéticas. Isso facilita composições mais volumosas e pode ser o fio condutor para dar identidade ao local.

Como usar puff na decoração da sala?

Agora que falamos sobre os principais formatos de puff, é o momento de saber, de forma mais detalhada, o que cada uma das suas características pode evidenciar na decoração do ambiente. Acompanhe logo abaixo.

1. Cores do puff

A identidade de um projeto arquitetônico se dá os detalhes. O uso do puff pode ser um elemento importante para compor a paleta de cores em um ambiente integrado. Basicamente, o a depender do modelo de puff, o uso de cores é infinito. Basta personalizar com capinhas, o que pode ser uma solução para manter o projeto dinâmico, inserindo pequenas mudanças ao longo do ano.

2. Usar como assento extra

Assentos extras sempre são bem-vindos. Afinal, eles acomodam mais visitas, objetos e servem como pontos de decoração. Puffs são úteis para usar como assentos extra, principalmente porque há facilidade em mudar de posição e de ambiente.

3. Fazer de mesinha

Outra ótima alternativa é fazer um puff de apoio. Logo, ele pode servir para uma refeição rápida, ou mesmo uma pequena mesa de petiscos na sala. Em conjunto com outros puffs, a funcionalidade como mesinha pode ser ainda mais reforçada.

4. Como substituto para mesa de cabeceira

Um sofá ou cadeiras pedem um canto de apoio. Assim, um puff pode servir como substituto para a mesa de cabeceira. Isso facilita, como mencionamos, a mudança de posição, oferecendo mais possibilidades de combinações.

5. Para dividir ambientes

A sutileza de uma divisão de ambientes com objetos pontuais, como um puff, pode trazer a sensação de fluidez e organicidade para o local. Ao dispensar o uso de uma parede ou de um biombo, a percepção espacial se amplia. A solução é bem encaixada para destacar quadros, cores nas paredes e móveis.

6. Como porta-brinquedos

Projetos arquitetônicos para famílias com crianças podem ser desafiadores no quesito de organização. Afinal, o uso de vidro ou outras peças que necessitam de maior cuidado devido à fragilidade, precisam ser repensados. Além disso, é necessário pensar em soluções de objetos multiuso que favoreçam um ambiente de aprendizado, sem abdicar da estética.

Nesse sentido, o uso do puff como porta-brinquedos pode ser ideal. Afinal, ele ajuda a guardar, rapidamente, os itens das crianças, além de servir como ponto de apoio e decoração, como temos mencionado.

Quais as tendências para uso de puffs?

Há duas grandes tendências para o uso de puffs. A primeira fala sobre a funcionalidade da peça. Logo, o aproveitamento máximo de usos com materiais leves, para fácil transporte, espaços para guardar objetos e outras otimizações do design de produto. Além disso, puffs com texturas e cores diferentes também acompanham as escolhas mais contemporâneas. Aposte em capas coloridas, estampas e personalizações.

Viu como usar puff na decoração da sala é algo que pode fazer a diferença na finalização de um projeto arquitetônico? Afinal, esses objetos são versáteis, não têm valores impraticáveis e podem adicionar cor, textura e organizar o espaço.

Este conteúdo, realmente, foi relevante para você? Então, aproveite para continuar sua jornada de conhecimento e receba, exclusivamente, os melhores conteúdos. Para isso, assine agora a nossa newsletter!

Quer receber mais conteúdos como esse?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos gratuitamente por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Quer receber mais conteúdos como esse?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos gratuitamente por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.