Decoração espaços pequenos: como fazer com 9 dicas?

Decorar um espaço não é só deixá-lo bonito, mas também útil para o dia a dia. Por essa razão, a decoração de espaços pequenos é essencial para aproveitar o melhor de cada cômodo. 

Neste post, confira as razões de fazer uma boa decoração em ambientes pequenos. Veja também 9 dicas para criar o seu projeto. Boa leitura! 

Por que investir na decoração de espaços pequenos?

Em um espaço pequeno, pode ser necessário um esforço maior para enxergar seu potencial.  

Porém, com as decisões certas, é possível aproveitá-lo e transformar um local esquecido em um cômodo muito bem utilizado. A seguir, veja algumas vantagens de investir na decoração dessas áreas!  

Criação de ambientes multifuncionais

Sabe aquele armário escondido no corredor de casa? Que tal transformá-lo em um home office? 

Esse é só um exemplo de como pequenos cantos em casa podem se tornar multifuncionais e aproveitados de forma que não se imaginou antes.  

Já os cômodos tradicionais podem ser expandidos por meio da decoração de espaços pequenos, como no caso de uma sala, que é ampliada aproveitando a sacada. 

Espaços com o seu estilo

Outro benefício da decoração de espaços pequenos é criar projetos inteligentes, que contemplem o seu estilo. Nesse caso, as possibilidades de decoração ajudam a renovar os cômodos e trazer um sentido de lar. 

Cômodos mais bem organizados

A decoração remodelada também ajuda a tornar os cômodos mais organizados, uma vez que você pensa em uma disposição mais adequada para cada elemento, a fim de aproveitar melhor o espaço. 

Quais as 9 dicas para decorar espaços pequenos?

Agora que você sabe as vantagens de investir em decoração de espaços pequenos, confira 9 dicas para fazer isso da melhor maneira!

1. Mantenha o ambiente fluido

A decoração de espaços pequenos deve levar em conta a fluidez do ambiente. Por isso, é importante deixar espaços para as pessoas circularem, seja pela alteração dos móveis ou da própria escolha deles.

2. Tenha móveis pequenos

Em espaços pequenos, móveis pequenos são essenciais para que o ambiente não fique sobrecarregado.

Nesse sentido, vale a pena fazer substituições de peças grandes por outras que atendam às mesmas necessidades. Por exemplo, em vez de um sofá de três lugares, um banco e algumas poltronas.

3. Use cores claras

Na psicologia das cores, cada tom tem um significado. Mas mais do que isso, elas são consideradas influenciadoras no nosso humor. Por exemplo, na cromoterapia, o azul é relaxante e alivia o estresse.

Sendo assim, vale escolher cores tranquilas e claras para os ambientes, a fim de deixar o espaço relaxante e auxiliar na propagação de luz. Nesse caso, algumas opções são:

  • bege;
  • off white;
  • branco;
  • cinza claro;
  • azul bebê;
  • verde menta.

Já as cores fortes podem servir bem para objetos da decoração de espaços pequenos, criando um contraste interessante.

Lembrando que também é possível aproveitar as cores de forma natural, como em tecidos e em plantas que podem ficar dentro de casa.

4. Valorize a iluminação

A iluminação tem papel fundamental em expandir um espaço. Por isso, o ideal é aproveitar ao máximo a luz natural, por meio de janelas e cortinas de tons claros.

Já em um projeto, vale a pena pensá-la conforme os móveis usados e o objetivo. Por exemplo, no home office, ela pode ser focada de forma especial na mesa de trabalho.

5. Aproveite todos os espaços

Além do espaço tradicional de um cômodo, há outras áreas que podem ser aproveitadas de forma funcional.

Por exemplo, os cantos são bem utilizados com móveis em “U”. Já as paredes, podem abrigar prateleiras e nichos. Por fim, o teto serve de apoio para móveis suspensos.

6. Opte por mobília planejada e multifuncional

A mobília planejada é um bom investimento na decoração de espaços pequenos. Nesse caso, ela deve atender as necessidades do uso do ambiente e maximizar seu espaço.

Além disso, também é importante investir em móveis multifuncionais, como o banco com baú ou a mesa retrátil.

No quesito conforto e saúde, não se pode esquecer da ergonomia. Nesse caso, o investimento deve ser feito priorizando não só o design, mas também o uso da peça, como com a cadeira de escritório.

7. Aposte em espelhos

Os espelhos são outro truque para expandir ambientes. Por isso, é possível usá-los em paredes da sala e do quarto, ou mesmo aplicá-los em móveis.

Aqui, o cuidado fica em escolher uma peça estilosa, que combine como item de decoração, mas que cumpra essa função de iluminar o espaço.

8. Integre ambientes

Para tirar a impressão de um espaço pequeno, a integração de ambientes é interessante.

Nesse caso, abrir paredes é uma solução, mas também é possível adaptar outras ideias.

Por exemplo, em uma sala seguida por sala de jantar e cozinha, o uso do mesmo material no piso ou cor nas paredes faz com que pareçam integrados, ainda que mantenham a separação no uso. Com isso, o ambiente geral parece mais fluido.

9. Tenha cuidado com muitos objetos

Na decoração de espaços pequenos, outro cuidado importante é medir a quantidade de itens.

Não necessariamente o projeto deve ser minimalista, mas controlar a quantidade de móveis e itens de decoração ajuda a deixar o cômodo mais leve. Além disso, o cuidado no tamanho das peças também é importante pela mesma razão.

Por exemplo, colocar três quadros grandes em uma parede, principalmente com a mesma temática, pode parecer tão “pesado” quanto dez molduras menores, postas todas juntas.

Assim, vale a pena testar efeitos dos objetos, combinando-os entre si, para ver qual conjunto fica melhor. Além disso, definir onde podem ser dispostos de forma mais leve também é interessante.

Assim, eles não se aglomeram em um mesmo ponto, mas podem ser distribuídos e ocupar toda a área.

A decoração de espaços pequenos é desafiadora, mas não impossível. Com muita criatividade e cuidado, seguindo as 9 dicas que passamos, é possível fazer projetos ideais. Assim, os ambientes são adaptados para oferecer o melhor em conforto, utilidade e design.

Gostou do post? Siga a gente no Facebook e no Instagram para acompanhar mais novidades!

Quer receber mais conteúdos como esse?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos gratuitamente por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Quer receber mais conteúdos como esse?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos gratuitamente por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.