área de descompressão

Área de descompressão no ambiente de trabalho: descubra como projetá-la!

São muitas as pressões do mundo corporativo, como prazos, metas a cumprir, entre outras tantas exigências. Com o tempo, essas atribulações passaram a facilitar o surgimento de doenças e afastamentos frequentes dos colaboradores de seus postos de trabalho.

Mas, nesse cenário, grandes startups do Vale do Silício, na Califórnia, EUA, criaram áreas de descompressão que vêm se popularizando cada vez mais, principalmente após a pandemia. No entanto, para organizar esses espaços, é preciso entender alguns conceitos essenciais. Quer saber mais? Acompanhe o post!

O que é uma área de descompressão?

É basicamente um ambiente, uma sala ou uma área projetada no interior das empresas para que seus colaboradores desfrutem de momentos de relaxamento e alívio do estresse. Trata-se, portanto, de uma estratégia elaborada para melhorar a produtividade e a satisfação da equipe, o que proporciona um grande diferencial para as organizações.

Com isso, os funcionários têm um momento de pausa para descanso e retorno ao trabalho mais relaxados, tranquilos e, muitas vezes, com ideias inspiradoras depois de deixar a mente mais solta.

Conforme adiantamos, o conceito surgiu entre grandes startups americanas, como o LinkedIn, o Google e o Facebook. Ao longo do tempo, ganhou adeptos de diversos outros segmentos que valorizam o foco na solução de problemas e nos resultados.

Quais são os benefícios que ela proporciona?

Os benefícios encontrados nesses espaços são muitos e costumam melhorar muito a experiência dos colaboradores no trabalho. Veja alguns dos mais relevantes!

Valoriza a equipe

A partir do momento em que uma empresa decide investir em uma área de descompressão, isso automaticamente sinaliza para uma atitude de valorização de seus colaboradores. Dessa forma, eles tendem a se sentir acolhidos e passam a se engajar mais e produzir melhor sem tanto desgaste.

Reduz afastamentos

Quando as pessoas conseguem intercalar os períodos de trabalho com momentos realmente relaxantes nos espaços de descompressão das empresas, os afastamentos por motivo de doença costumam diminuir significativamente. Os colaboradores se tornam menos propensos ao estresse, à ansiedade, à depressão, às crises de burnout e a outros males associados ao trabalho exaustivo.

Aumenta a produtividade

As pausas programadas nesses espaços proporcionam uma elevação importante na capacidade de concentração, o que faz toda a diferença para os resultados da empresa. Isso é especialmente relevante quando o profissional se vê diante de dilemas que dificultam a conclusão de algum projeto.

Integra a equipe

Equipes com mais chances de integração acabam desenvolvendo vínculos próximos. Dessa forma, uma conversa descontraída pode resultar até em brainstormings cheios de inspirações para solucionar diversos desafios que a jornada de trabalho impõe. E esses encontros normalmente acontecem em áreas de descompressão.

Estimula a criatividade

Ambientes mais leves e tranquilos naturalmente levam as pessoas a estados mentais criativos, e isso conduz à eficiência e resolução de problemas com mais assertividade.

Previne doenças

Todos nós já conhecemos as consequências desastrosas de permanecer no mesmo lugar e na mesma posição o dia inteiro, sem movimentar o corpo ou soltar a mente. Assim, as doenças são inevitáveis. Portanto, espaços de descompressão podem converter-se em verdadeiros tratamentos preventivos.

O que é importante considerar nesse tipo de projeto?

Para que a área de descompressão realmente cumpra sua finalidade, ela deve diferir do restante da empresa, principalmente quando se trata da decoração, do mobiliário e das atividades ali disponíveis. Entretanto, é preciso considerar a cultura empresarial e outras características. Sendo assim, o que considerar em um projeto como esse?

Local

Esse espaço pode ser integrado fisicamente às áreas destinadas ao trabalho, mas pode ser completamente separado. Nesse caso, é necessário considerar os objetivos da liderança com a disponibilização desse ambiente e a dinâmica da empresa.

Sendo assim, se a ideia principal é promover mais integração da equipe e incentivar o trabalho colaborativo e criativo, é mais interessante escolher o espaço integrado. Desse modo, o local pode servir para reuniões informais.

Mas, se o ambiente de trabalho precisa de silêncio total, o melhor a fazer é separar as duas áreas. Dessa forma, as atividades laborais não são perturbadas, e as pausas podem ser programadas.

Cultura organizacional

Considerar a cultura da empresa é fundamental para projetar o interior de uma área de descompressão que, em muitos casos, se trata de algo com caráter disruptivo, muito arrojado e complexo para ser implementado. Isso porque muitas organizações ainda mantêm uma postura bastante tradicional.

Sendo assim, o desafio pode ser grande, e, nessas situações, um suporte especializado tende a facilitar a realização do projeto. Portanto, é muito importante que a área de descompressão garanta a redução do estresse, mas esteja alinhada aos aspectos funcionais e conceituais da empresa.

Atividades

Grande parte desses espaços tem um visual surpreendente, afinal, a maioria dos exemplos que vemos em postagens mostram verdadeiros playgrounds com mesas para jogos, pebolim, videogame, piscina de bolinhas, redário e muito mais.

São locais encantadores, e a variedade de atividades é extensa, mas, antes de implantar qualquer coisa, é importante avaliar o perfil do público dos colaboradores da empresa. Por isso, analise a idade das pessoas, o que elas fazem nos momentos de lazer, se a maior necessidade é descansar ou interagir, entre outros pontos essenciais.

Geralmente, organizações que empregam um time mais jovem, dinâmico, despojado e conectado à tecnologia oferecem atividades mais lúdicas e descontraídas. Já os colaboradores de empresas tradicionais preferem ambientes de descompressão mais voltados para descanso, leitura, música e relaxamento.

Vale muito fazer uma pesquisa interna sobre o perfil do público que trabalha na empresa e depois se lançar no projeto. Muitas organizações empregam colaboradores de perfis variados, e talvez o espaço de descompressão precise de mais versatilidade para atender a todos os gostos.

Como projetar uma área de descompressão?

Depois de considerar a cultura organizacional, o perfil dos funcionários e tudo o que estiver relacionado a esses pontos, é hora de fazer o planejamento arquitetônico adequado. Assim, com o máximo de informações em mãos, o projeto pode ser traçado considerando a diferenciação do ambiente, seus móveis, cores, objetos decorativos e outros itens, dependendo do projeto.

É muito bem-vindo, também, um projeto de paisagismo, afinal, o contato com elementos da natureza é comprovadamente muito eficiente para ajudar a relaxar. Sendo assim, o ideal é optar por plantas naturais ou preservadas. Estas últimas passam por um processo que as protege e estabiliza, garantindo uma aparência natural, mas com a durabilidade das plantas artificiais.

Contudo, nunca é demais reforçar a importância de conhecer o time da empresa, já que uma decoração muito ousada pode não cumprir o objetivo de uma área de descompressão para colaboradores mais tradicionais.

Monte um plano de ação

Após alinhar os objetivos para o projeto da área de descompressão da empresa, um bom plano de ação para implementá-lo também é importante para melhor gerenciar todas as ações.

Uma boa estratégia é dividir as atividades com o time e garantir uma gestão participativa em um projeto que será benéfico para todos. Essa atitude pode ser ainda mais significativa para um resultado satisfatório.

Priorize o conforto

Se estamos falando de relaxamento e descontração, não há dúvida de que o conforto é fundamental para esse espaço. Por isso, muitas dessas áreas, além de mesas com cadeiras, são repletas de tapetes, pufes, almofadas, sofás amplos e até tatames, itens muito mais convidativos.

Convém destacar aqui que uma das características do mobiliário desses ambientes é a possibilidade de trocá-los de lugar facilmente para reunir grupos em configurações variadas. Da mesma forma, optar por formas arredondadas também colabora com a sensação de acolhimento e conforto. Usar materiais com características mais quentes, como a madeira, ou textura imitando a madeira, é outra opção para cumprir esse propósito.

Conforme você viu, uma área de descompressão é fundamental para melhorar o desempenho da equipe de trabalho por todos os benefícios que ela pode proporcionar. Essa é uma excelente maneira de valorizar a equipe e, assim, aumentar a produtividade da empresa.

Se você gostou do conteúdo, assine nossa newsletter e receba mais dicas imperdíveis para melhorar os ambientes de trabalho!

Quer receber mais conteúdos como esse?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos gratuitamente por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Quer receber mais conteúdos como esse?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos gratuitamente por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.